PMBOK: Ferramentas e Tecnicas - Análise dos Interessados de um Projeto: A Fundação do Sucesso do Projeto

O processo de identificar, avaliar e gerenciar as partes interessadas em um projeto é uma das atividades mais importantes na gestão de projetos. As partes interessadas (Stakeholders) são pessoas ou organizações que podem afetar ou ser afetadas pelo projeto, e o sucesso ou fracasso de um projeto pode depender, em grande parte, do envolvimento e da opinião dos interessados.

Apesar de ser considerada por todos os gestores de projeto experientes como uma atividade critica ela é muitas vezes negligenciada por aqueles que julgam que gerir um projeto é controlar o plano de execução

Este artigo vai explicar-lhe porque é tão importante conhecer e gerir adequadamente os interessados de cada projeto.

Os interessados, ou stakeholders, são quaisquer indivíduos, grupos ou entidades que possam influenciar ou serem influenciados, positiva ou negativamente, pelo resultado de um projeto. Entender quem são esses interessados, quais são os seus interesses e a forma como eles percebem o projeto é um passo crucial para gerir as expectativas, facilitar a comunicação e minimizar os obstáculos à execução do projeto.

É por isso que a análise e a gestão dos interessados de um projeto é, quase sempre, um fator determinante para o sucesso final do mesmo.

O processo de análise dos interessados de um projeto tem como objetivo obter respostas a várias perguntas relevantes para o processo de gestão. Algumas dessas perguntas são:

  1. Quem são os interessados ou grupos de interessados no projeto?
  2. Quais são os interesses dessas pessoas ou grupos de pessoas?
  3. Como é que eles veem o projeto? Isto é, como é que elas acham que o resultado do projeto as vai afetar e porque é que têm essa opinião?
  4. Quem pode vir a representar um sério entrave à execução do projeto?


Primeiramente, é importante identificar quem são os interessados no projeto. Este pode ser um processo mais complexo do que parece, dada a variedade de potenciais interessados - que vão desde a equipe de gestão e investidores até clientes e comunidades locais. Identificar os interessados deve ir além de simplesmente listar as partes envolvidas; deve-se também entender a relação entre eles e a relação deles com o projeto.

Após fazermos essa identificação, é crucial compreender os interesses desses grupos. Alguns podem estar interessados no retorno financeiro, outros na melhoria da comunidade, enquanto outros podem ser motivados por considerações ambientais ou éticas. Cada um desses interesses tem o potencial de impactar o projeto de diferentes maneiras, e compreendê-los pode ajudar a antecipar desafios, gerir riscos e identificar oportunidades.

Compreender como os interessados percebem o projeto também é crucial. Isso envolve analisar como eles acreditam que o projeto os afetará e por que eles têm essa opinião. Tal pode envolver investigações diretas, através de questionários ou entrevistas, ou pode envolver a análise indireta de dados disponíveis publicamente, por exemplo.

Em todo esse processo, é essencial prestar atenção aos possíveis entraves. Interessados com interesses divergentes ou que percebem o projeto de forma negativa podem representar obstáculos significativos à sua execução. Estes entraves podem assumir muitas formas, desde a resistência à mudança até protestos ou ações legais.

Para organizar toda essa informação, recomendo a criação de um Registo de Interessados do Projeto. Este documento contém uma lista de todos os interessados, juntamente com informações relevantes sobre os mesmos. Este registo deve ser adaptável e único para cada projeto, pois os detalhes relevantes podem variar amplamente. A figura abaixo ilustra um formato possível para o Registo de Interessados.


Outro aspeto que não podemos esquecer é que a análise de interessados é um processo contínuo, que deve começar no início de um projeto e continuar até a sua conclusão. À medida que o projeto evolui, os interesses e perceções dos interessados podem mudar, e novos interessados podem emergir. Portanto, revisitar e atualizar regularmente o Registo de Interessados é uma prática recomendada.



Em resumo, a análise dos interessados é uma ferramenta valiosa para qualquer gestor de projetos. Ao responder às perguntas-chave _ quem são os interessados, quais são os seus interesses, como eles percebem o projeto e quem pode representar um entrave ao projeto _ os gestores de projetos podem aumentar a probabilidade de sucesso do projeto, gerindo proactivamente as expectativas e preparando-se para possíveis desafios. 

Espero que, ao compartilhar estas reflexões, possa trazer valor para a sua prática como gestor de projetos. Acredito firmemente que a análise dos interessados é uma das chaves para o sucesso de qualquer projeto. 

Antes de terminar, deixo aqui alguns links para bons artigos ou videos sobre o tema.


1. Gestão de stakeholders em projetos - um caso prático - Este vídeo apresenta um caso prático de gestão de partes interessadas em projetos.

2. Engajamento de stakeholders em empresas da economia criativa: estratégias para o enfrentamento da crise da COVID-19 - Este artigo apresenta estratégias para o engajamento de partes interessadas em empresas da economia criativa durante a crise da COVID-19.

3. A Gestão de Stakeholders em Gestão de Projetos - Este artigo apresenta uma visão geral da gestão de partes interessadas em gestão de projetos.

4. Gestão de Stakeholders: Estado da Arte e Perspectivas - Este artigo apresenta uma revisão dos principais modelos e proposições teóricas da gestão de partes interessadas[4].

5. Capacidades dinâmicas para gestão de stakeholders - Este artigo apresenta diferentes capacidades para a gestão de partes interessadas, como a capacidade de engajamento e relacionamento.


Tenham bons e bem-sucedidos, projetos.

Grp2ALL

 

Sobre os autores

Todos os autores deste blogue são profissionais certificados em Gestão de Projetos com mais de uma década de experiência na área. Geriram, e continuam a gerir, projetos de sucesso nas mais diversas indústrias, atuam em vários países do mundo e partilham os seus conhecimentos e ideias através da escrita e do ensino. Contacte-nos através do endereço de e-mail: pm2all@hotmail.com

 

Postagens mais visitadas deste blog

PMBOK: Ferramentas e Técnicas – Métodos de Comunicação