Gerir o Âmbito / Escopo no PMBOK


Na gestão de projeto o conceito de "âmbito / escopo" tem uma dupla vertente. 1) Âmbito / Escopo do produto ou serviço que o projeto irá criar (as funcionalidades), o qual pode ser representada pela EFP - Estrutura hierárquica das Funcionalidades do Produto ou Serviço que o projeto se propõe criar, na terminologia inglesa PBS – Product Breakdown Struture; 2) Âmbito / Escopo do projeto (atividades necessárias para concretizar o projeto), o qual é habitualmente representada pela EAP - Estrutura Analítica do Projeto, igualmente conhecida na terminologia Inglesa por WBS – Work Breakdown Structure, e pelo respetivo dicionário da EAP.

O êxito do projeto depende em grande medida da capacidade para executar de forma correta cada um dos processos incluídos nesta área de conhecimento, começando desde logo pela completa e precisa identificação das necessidades do cliente (requisitos) e dos respetivos entregáveis do projeto.

Igualmente importante é a forma como o gestor de projeto controla o âmbito / escopo do projeto garantindo que o produto ou serviço que está a ser criado respeita os requisitos identificados. Para isso é fundamental que a criação da Estrutura Analítica do Projeto (EAP) seja orientada á criação de entregáveis intermédios os quais são marcos importantes que permitem um controlo mais concreto e quantitativo em relação à evolução do projeto.

A atividade de levantamento e recolha de requisitos é reconhecido pela generalidade dos gestores de projeto como um fator crítico para o sucesso do projeto. Em próximos artigos aprofundaremos esta atividade, apresentado um conjunto de ferramentas e técnicas que permitem que ela seja efetuada de uma forma eficiente e eficaz.

Todas essas técnicas visam extrair conhecimento do cliente do projeto e de outras partes interessadas relevantes. Por definição a captura do conhecimento individual é uma atividade extremamente difícil (ver artigo sobre a importância do conhecimento para as organizações) e que exige do gestor de projeto e da sua equipa uma grande capacidade de comunicação, empatia e o recurso a um conjunto relativamente alargado de ferramentas que lhe permitam adaptar-se às caraterísticas especificas das diferentes partes interessadas.

De acordo com o PMBOK a gestão do âmbito / escopo do projeto inclui os processos necessários para assegurar que o projeto inclui todo o trabalho necessário, e apenas o trabalho necessário, para terminar o projeto com sucesso. De acordo com esta definição a gestão do âmbito / escopo do projeto relaciona-se principalmente com a definição e o controlo daquilo que está incluído no projeto.

A área de conhecimento, gestão do âmbito / escopo do projeto é definida no PMBOK como sendo composta pelos seguintes cinco processos dos quais 3 integram a fase de planeamento do projeto e 2 a fase de controlo do projeto:


5.1 Planear a Gestão do Âmbito / Escopo do Projeto - Tem como objetivo criar o documento que define o processo que conduzirá à definição, validação e controlo do âmbito (escopo) do projeto. Permite fornecer as linhas mestras que orientarão a forma como o âmbito (escopo) será gerido, ao longo de todo o ciclo de vida do projeto (ver mais).
 
5.2 Recolher os Requisitos – É o processo de definição e documentação das necessidades das partes interessadas para alcançar os objetivos do projeto (ver mais).

5.3 Definir o Âmbito do Projeto – É o processo de criação de uma descrição detalhada do produto e do projeto (ver mais).

5.4 Criar a Estrutura Analítica do Projeto (EAP) – É o processo de subdivisão das entregas e do trabalho do projeto em componentes menores e mais facilmente geríveis (ver mais).

5.5 Verificar o Âmbito do Projeto – É o processo de formalização da aceitação pelo cliente das diversas entregas que constituem o produto ou serviço que o projeto se propôs criar (ver mais).

5.6 Controlar o Âmbito do Projeto – É o processo de monitorização do progresso do âmbito do produto e do projeto e da gestão das mudanças efetuadas na linha base de âmbito. Estes cinco processos interagem entre si e com processos que integram outras áreas de conhecimento (ver mais).

O diagrama abaixo mostra como os diversos processos da área de conhecimento Gerir o Âmbito / Escopo do Projeto no PMBOK se dividem pelas várias fases do ciclo de vida do projeto.

PMBOK - Gerir o Âmbito (Escopo) do Projeto
 

Por hoje é tudo

Votos de bons projetos

Grp2ALL

(Artigo atualizado em Maio de 2016)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

Como Fazer o Plano de Comunicação do Projeto