MS Project Configuração para AGILE (SCRUM)


O Microsoft Project é a ferramenta de gestão mais utilizada pela generalidade dos gestores de projetos. Com a crescente utilização dos métodos Ágeis uma das dificuldades com que os gestores de projeto se debatem reside na necessidade de se habituarem a utilizar novas ferramentas, uma vez que se difundiu o mito de que o Microsoft Project não é compatível com os métodos ágeis de gestão de projetos.

De facto, os princípios do AGILE, nos quais se baseiam os métodos de gestão ágeis, aconselham, e propõem, outros tipos de ferramentas, mas a verdade é que, conforme diz o ditado português, não é o hábito que faz o monge, isto é, não é por usarmos as ferramentas propostas pelos métodos ágeis que estamos a fazer uma gestão ágil de projeto, como não é por usarmos o Microsoft Project que a nossa gestão de projeto é menos ágil.

Tendo isto presente iremos dar hoje á publicação de um conjunto de artigos que ensinam a configurar o Microsoft Project para que este possa ser usado num projeto que seja gerido segundo um dos vários métodos (neste caso o SCRUM) que seguem os princípios do AGILE. Se não está à vontade com os princípios e os métodos ágeis, sugerimos-lhe a leitura prévia dos artigos publicados no blog sobre este tema, pode pesquisar pela AGILE, ou consultar a página Gestão Ágil de Projetos.




Neste primeiro artigo ensinaremos como deve configurar o Microsoft Project para que ele se adapte às características dos métodos ágeis de gestão de projetos.

Nos artigos seguintes iremos construir uma lista de atividades para um projeto ágil, veremos como se pode, recorrendo ao Microsoft Project, criar e manter um Backlog do Produto e aprenderemos a trabalhar com os conceitos de Releases (Versões) e Sprints (Interações).

No último desta série de artigos aprenderemos a usar o Microsoft Projet para criar os relatórios que são habitualmente usados para controlar os Sprints dos projetos ágeis (Burndown Charts). 

Microsoft Project Configuração para AGILE

 

Configurar o Microsoft Project, para que ele possa ser usado como uma ferramenta de planeamento e controlo de um projeto, gerido de acordo com um método ágil de gestão de projetos, é simples e faz-se em menos de 5 minutos. Siga as instruções abaixo para proceder a essas alterações. Nos exemplos usamos a versão 2013 do MS Project em língua inglesa, mas os procedimentos a seguir são idênticos em qualquer outra versão do produto.
  1. Abra o MS Project
  2. Crie um novo projeto clicando em “Blank Project”
  3. Aceda ao menu File | Options
  4. Na caixa de diálogo “Project Options” aceda ao grupo de opções relacionadas com o “Schedule”.
  5. Procure o subgrupo de opções “Scheduling options for this project”
  6. Valide / Altere a opção “New tasks created” e selecione o valor “Auto Scheduled”
  7. Valide / Altere a opção “Default task type” e selecione o valor “Fixed Work”
  8. Veja, e altere se necessário as seguintes opções: 
    1. Autolink inserted or moved tasks – Não selecionado 
    2. Show that scheduled tasks have estimated duracions – Não selecionado 
    3. New schedule tasks have estimated durations – Não selecionado 
  9. Terminadas as alterações anteriores clique no botão “OK” para guardar as alterações e fechar a caixa de diálogo, e guarde o ficheiro onde esteve a trabalhar, ele será usado como ponto de partida para o próximo artigo. 
  10. Aceda ao menu File | Save As 
  11. Escolha a localização e o nome do ficheiro a guardar. No nosso caso escolhemos o nome MSP4AG_Art1 e guardámos o ficheiro no disco C:\ do nosso computador. 
  12. Clique no botão “Save” 
  13. Abandone o MS Project.

Por agora é tudo ...

... ou então leia aqui a continuação.

Bons projetos
Grp2ALL











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

Como Fazer o Plano de Comunicação do Projeto