MS Project: Atividades do Projeto - Tipos de Atividade no MS Project


Quem já usou o MS Project por certo terá reparado que o sistema faz uma distinção entre duração da atividade e trabalho necessário para realizar a atividade. Enquanto o trabalho define o número de horas que os recursos afetos a determinada atividade têm de realizar para concluir as tarefas incluídas na atividade, a duração representa o número de dias ou horas que medeiam entre o início e o fim de determinada atividade.

A não compreensão destes conceitos resulta na incapacidade de perceber como o MS Project funciona. Muitos utilizadores queixam-se que o MS Project se comporta de forma estranha e altera as datas de planeamento de uma forma incompreensivel, mas essa incompreensão não está relacionada com a forma como o produto funciona, mas sim com a falta de conhecimento de quem o utiliza.


Compreender a diferença entre duração e trabalho de uma atividade é fundamental para entender a forma como o MS Project realiza o planeamento de um projeto na medida em que, dependendo do calendário aplicado (isto é, numero de horas de trabalho diário, férias, feriados e fins de semana) a quantidade de trabalho exigida para completar uma determinada atividade será certamente muito distinta da respetiva duração.

Com base nos conceitos de:
  • Duração – O tempo de trabalho (definido nos calendários do projeto) entre o início e término de uma atividade;
  • Trabalho – A quantidade de esforço, medida em unidades de tempo (ex. horas por dia), que um recurso precisa para completar uma atividade. O trabalho total para uma atividade é o somatório de todas as unidades de tempo, não importando quantos recursos estão alocados na atividade, e;
  • Unidade (de recurso) – A quantidade de tempo disponível de um determinado recurso – pessoas, material, equipamentos e tudo o mais necessário para realizar determinada atividade que é usado para trabalhar em uma atividade específica. 
 
O MS Project permite criar três tipos de atividades:
  1. Atividades de Unidade Fixa – São usadas quando não desejamos que o(s) recurso(s) atribuídos às atividades sofram alterações de carga de trabalho (Não se esqueça que a duração é calculada com base no calendário dos recursos afetos à atividade).
  2. Atividades de Trabalho Fixo – São usadas quando sabemos o número de horas de trabalho que são necessários para realizar as tarefas incluídas na atividade, e esse número é fixo e não pode ser alterado, mas queremos, através do adicionar de recursos, conseguir uma diminuição da duração.
  3. Atividades de Duração Fixa – São usadas quando estamos a realizar um planeamento com base na duração e queremos que a duração da atividade permaneça fixa independentemente da quantidade de recursos que forem alocados à atividade.

O MS Project usa por defeito atividades do tipo Unidade Fixa. A tabela abaixo explica a forma como o MS Project se comporta para cada um desses tipos de atividades.



Em Atividades de:
Se alterar as unidades
Se alterar a duração
Se alterar o trabalho
Unidade Fixa
A duração é recalculada
O trabalho é recalculado
A duração é recalculada
Trabalho Fixo
A duração é recalculada
As unidades são recalculadas
A duração é recalculada
Duração Fixa
O trabalho é recalculado
O trabalho é recalculado
As unidades são recalculadas


Consulte aqui um artigo em que apresentamos alguns exemplos sobre as consequências de usar atividades de cada um destes tipos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Compressão do Cronograma do Projeto