PMI Portugal Toastmasters, Ricardo Vargas e PMBOK 6


Em primeiro lugar um bom ano de 2018 para todos.

Ontem fomos assistir a uma conferencia patrocinada pelo PMI Portugal Toastmasters e pelo ISG em que o Ricardo Vargas apresentou as diferenças do PMBOK v.6 face à versão anterior.

As diferenças já as conhecíamos, mas nunca perdemos a oportunidade de ouvir uma palestra do Ricardo. Quem o conhece, das palestras ao vivo ou dos inúmeros artigos e podcasts que regularmente publica, sabe que as suas palestras oferecem sempre a oportunidade de, num ambiente de boa disposição, aprender qualquer coisa de relevante relacionado com os temas a que todos nos dedicamos profissionalmente. A palestra de ontem não foi exceção.
 
Não tiveram oportunidade de estar presentes? 

Fiquem atentos, e não percam a próxima oportunidade.

Mas voltemos às novidades do PMBOK v6. Ao nível dos processos as diferenças são relativamente pequenas, e a principal novidade desta nova versão prende-se com a enfase dada às competências do gestor de projeto a par com um declarado piscar de olho aos métodos ágeis dedicando-lhes um anexo de xx páginas (Anexo X3). 

Em relação aos processos de gestão de projetos e respetivas áreas de conhecimento incluídos no guia as principais alterações são as seguintes:
  • A área de conhecimento de Gestão de Recursos Humanos mudou de nome passando a chamar-se simplesmente Gestão de Recursos
  • A área de conhecimento Gestão de Integração ganhou um novo processo: Gerir o Conhecimento do Projeto, e a alguns dos processos foi adicionado uma nova entrada a que foi dado o nome de Documentos de Negócio
  • A área de conhecimento anteriormente chamada de Gestão do Tempo chama-se agora Gestão do Calendário e perdeu o processo Estimar os Recursos para as Atividades que foi movida para a área de conhecimento de Gestão de Recursos
  • Na área de conhecimento Gestão da Qualidade o processo Assegurar a Qualidade passa a chamar-se Gerir a Qualidade
  • Na área de conhecimento Gestão da Comunicação o processo Controlar a Comunicação passa a chamar-se Monitorar a Comunicação
  • Na área de conhecimento Gestão de Risco o processo Controlar o Risco passa a chamar-se Monitorar o Risco e foi adicionado um novo processo denominado Implementar as Respostas aos Riscos
  • Da área de conhecimento Gestão das Aquisições desapareceu o processo Encerrar as Aquisições do Projeto
  • E, por fim, na área de conhecimento Gestão das Expectativas dos Stakeholders o processo Gestão de Stakeholders mudou de nome passando a chamar-se Envolvimento dos Stakeholders.
Com estas mudanças os processos passaram de 47 na versão 5 para 49 na nova versão.

Nos próximos dias atualizaremos no blog todos os posts relativos aos processos do PMBOK de forma a refletirem essas alterações. Durante o ano de 2018 iremos dedicar uma parte importante do nosso tempo, e dos artigos publicados, a novos temas.

Para já estão previstos vários artigos sobre práticas (ferramentas e técnicas) de gestão de projetos, sobre Agile (já temos alguns artigos publicados, mas iremos dedicar-nos a este tema de uma forma muito mais estruturada e sistemática), Design Thinking, Criatividade e Inovação; sobre Gestão do âmbito/escopo e Gestão de Recursos.


Bons Projetos

PM2ALL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

Como Fazer o Plano de Comunicação do Projeto