5 Dicas para Gerir Conflitos na Equipa


Os conflitos são inevitabilidades em todas as atividades em que se colocam pessoas, com personalidade, formas de pensar e especializações muito diferentes, a trabalhar em conjunto. Os projetos não são excepção, sendo muito raros os projetos, por mais simples que sejam, que decorrem sem que, aqui ou além se registem conflitos entre as pessoas que integram a equipa, e que o gestor de projeto tem que mediar, gerir e resolver.

Dependendo do momento em que ocorre, da relação existente, e do maior ou menor ascendente que tenha, face às partes em conflito, o gestor de projeto pode optar por um de vários caminhos para resolver determinado conflito.


Perante qualquer conflito, as cinco formas de atuar básicas, são as que a s seguir se apresentam:

Competitiva (Exercer a Autoridade): Quando temos a certeza de estar certos, quando a responsabilidade é elevada, nas relações de curto prazo, quando não há tempo a perder, quando somos fortes.

Acomodar / Evitar o Conflito (Solução Suave): Para atingir um objetivo dominante, para criar uma obrigação no futuro, quando o que está em causa é pouco importante, para manter a harmonia no relacionamento, quando sabemos à partida que perderemos, para ganhar tempo.

Colaboração: Quando ambas as partes crêem poder ganhar, para reduzir os custos do conflito, para criar uma base de entendimento, para atacar um inimigo comum, quando há tempo, quando há confiança entre as partes, quando o objetivo final é aprender.

Compromisso: Quando ambas as partes necessitam vencer (ninguém pode perder a face), quando sabemos que não podemos ganhar, quando não temos a certeza de estar certos, quando a responsabilidade e o risco é moderado e não vale a pena lutar.

Evitar: Quando não podemos ganhar, quando a responsabilidade é baixa ou quando a responsabilidade é alta mas ainda não estamos preparados para a assumir, para ganhar tempo, para não enervar o nosso oponente, para preservar a neutralidade ou a nossa reputação, quando consideramos que o tempo tenderá a resolver o conflito.

Perante uma situação de conflito é importante perceber duas coisas:

Em primeiro lugar que a generalidade dos conflitos nascem por questões de pouca importância mas que, se não forem rapidamente resolvidos, os conflitos tendem a agravar-se e a envolver cada vez mais pessoas, tornando-se muito mais difíceis de resolver.

Em segundo lugar uma máxima importante que devemos ter sempre presente:
  • Escolhe as tuas batalhas, estuda o adversário, e define a tática.
  • Nunca inicies uma batalha que não podes ganhar
  • Nunca te esqueças que não vale a pena lutar com um porco, porque:
    • Vais sujar-te
    • Ele gosta.
Artigo Atualizado em: 15-Março-2016


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Compressão do Cronograma do Projeto