PMBOK v5: 11.4 Realizar Análise Quantitativa dos Riscos


A análise Quantitativa dos Riscos do Projeto é o processo de analisar numericamente o efeito dos riscos, nos objetivos gerais do projeto.

A análise quantitativa do risco analisa os efeitos desses riscos e eventos e atribui uma valoração numérica a cada um desses riscos com o intuito de:
  • Quantificar os resultados possíveis do projeto e as suas respetivas probabilidades
  • Avaliar a probabilidade de atingir objetivos específicos do projeto
  • Identificar os riscos que requerem mais atenção, quantificando a sua contribuição relativa para o risco global do projeto
  • Tornar mais realistas e atingíveis as estimativas de custo, calendário ou âmbito
  • Determinar as melhores decisões de gestão quando determinadas condições ou resultados são incertas


A análise quantivativa dos riscos do projeto tem por base os processos anteriores incluídos na área de conhecimento de gestão de risco, mas também o cronograma do projeto e o respetivo plano de gestão de custos, bem como o contexto da empresa em que o projeto se insere.



Algumas das técnicas de modelagem e de análise usadas no âmbito da análise quantitativa dos riscos são:

Análise de sensibilidade – Ajuda a determinar qual o risco que tem um maior impacto potencial no projeto, examinando o impacto que cada elemento incerto tem no resultado do projeto

Análise do valor monetário esperado (Expected monetary value EMV) – É um conceito estatístico que calcula a média do resultado. O EMV é um resultado ponderado pela probabilidade de ocorrência. EMV de oportunidades são atribuídos valores positivos, aos EMV de riscos são atribuídos valores negativos.

Árvore de decisão – Consiste na representação diagramática de uma determinada situação em que cada uma das opções ou cenários possíveis é representado como um ramo do diagrama sendo calculado o respetivo custo e probabilidade de ocorrência. A quantificação final da árvore de decisão permite atribuir valores aos diferentes cenários que são passíveis de comparação e decisão.

Análise Monte Carlo - É uma técnica que envolve utilização de números aleatórios e probabilidade para a resolução de problemas. A simulação Monte Carlo é um método de avaliação interativa de um modelo determinístico utilizado quando o modelo é complexo, ou não-linear, ou quando envolve um número razoável de parâmetros de incerteza e a sua grande vantagem é a de determinar como uma variação aleatória conhecida, ou como o erro, afetam o desempenho ou a viabilidade do sistema que está a ser analisado. (Veja aqui um excelente vídeo sobre a utilização da simulação Monte Carlo com recurso ao Excel)






11.4 Análise quantitativa do risco.
Entradas
Ferramentas e Técnicas
Resultados
Ativos de processo da organização
Técnicas de recolha e representação de dados
Atualizações do registo dos riscos
Registo dos riscos
 Técnicas de modelagem e análise quantitativa de riscos

Plano de gestão dos riscos
 Opinião especializada

Plano de gestão dos custos


Plano de gestão do Cronograma


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Compressão do Cronograma do Projeto