A Gestão de Projectos e o Compliance


O termo Compliance é usado para definir a conformidade com políticas, normas, leis e regulamentos a que as organizações estão obrigadas no normal decurso das suas atividades.

A gestão de projetos pode ser um poderoso meio de suporte à implementação e melhoria das iniciativas de compliance ao mesmo tempo que fornece os meios adequados à implementação de mecanismos para o controlo dos projetos da organização.



Nos dias que correm as preocupações com o compliance ocupam um lugar cimeiro na agenda dos responsáveis de todas as organizações. Nunca como agora as organizações são diariamente inundadas de normas, leis e regulamentos, nacionais e internacionais, em relação aos quais têm que garantir a conformidade. No caso presente do sistema financeiro essa realidade, fruto da crise que actualmente atravessamos, deverá ser ainda mais premente no futuro próximo.

Como resultado, as atividades e os projectos directa ou indirectamente relacionados com exigências de compliance estão em crescendo, nem sempre com o êxito desejável.

Muitas organizações, pressionadas pela urgência na obtenção de resultados menosprezam o impacto positivo que a utilização de metodologias eficazes de gestão de projecto pode ter na implementação desse tipo de projectos. De facto, não só essas metodologias ajudam ao sucesso na implementação dos projectos como são, por si só, importantes mecanismos de compliance na medida em que, o nível de controlo que possibilitam, contribui em larga escala para a mitigação dos riscos da organização.

A pressão para uma regulação mais eficaz flui em paralelo com o continuo aumento da necessidade de gerir eficazmente os custos. A obtenção simultânea destes dois objectivos implica a adopção de processos de melhoria contínua e um acréscimo substancial dos projectos em curso nas organizações.

O desenvolvimento de projectos com o objectivo de garantir a implementação de mecanismos de controlo eficientes nas áreas financeiras de TI ou outras, devem seguir as metodologias básicas de projecto não deixando que a urgência funcione como desculpa para a não aplicação de processos estruturados de planeamento. Organizações que possuam PMO (Project Management Office) devem garantir que esses projectos são devidamente avaliados por esta estrutura pois só assim é possível a necessária coordenação e optimização de esforços.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

Como Fazer o Plano de Comunicação do Projeto